Publicado em 6 de March de 2018
Luciano Simão

Queridos amigos e leitores da B.Forest,

E a movimentação do setor brasileiro de florestas plantadas não para! Ao mesmo tempo em que o mercado florestal mundial se prepara para o maior evento florestal global de 2018, a 4ª Expoforest, realizada em abril, o segmento continua dando sinais de grandes transformações por vir – de possíveis fusões de gigantes do setor a novas frentes de investimento no país.

Para celebrar a versatilidade e o desenvolvimento do nosso setor florestal, a B.Forest preparou duas reportagens especiais para este mês de fevereiro que retratam bem o potencial econômico e a adaptabilidade do nosso país frente às novas realidades do mercado mundial.

A primeira delas tem como foco a mecanização da colheita de madeira em áreas inclinadas, apontando as novas tecnologias utilizadas pelas mais importantes empresas e os desafios remanescentes para sua maior difusão no país. A segunda, por sua vez, diz respeito ao cultivo emergente no Brasil de novas espécies no mercado de produtos madeireiros, como o mogno africano, o cedro australiano, a teca e o paricá.

Ainda, o entrevistado destaque do mês é Heuzer Guimarães, novo diretor florestal da WestRock, cujas experiências e insights sobre as movimentações do setor fornecem reflexões importantes que você pode conferir lendo a entrevista na íntegra nas páginas a seguir.

Saudações florestais!

Faça o download

Leitura online

 

Fonte: Malinovski