Publicado em 27 de April de 2011

A Komatsu Forest está mudando a marca das suas máquinas, mas a cor vermelha permanece. O Komatsu 911.5 e o Komatsu 931.1 são dois novos harvesters lançados sob a nova marca.
 
As duas máquinas estão equipadas com motor diesel da nova geração, que proporciona uma combustão mais eficiente, redução de emissões e consumo de combustível significativamente menor; mantendo a boa resposta e desempenho dos motores anteriores. O consumo de combustível é até 16% menor. Naturalmente, a economia real depende de uma série de fatores, que variam de acordo com as circunstâncias e usos.
 
Quanto as emissões, o novo motor atende as novas exigências para motores acima de 130 kW – mais rigorosas – recentemente introduzidas nos Estados Unidos e Europa, as normas EPA Tier 4 Interim e EU Stage IIIB. A fim de cumprir as exigências ambientais um novo conceito de motor foi desenvolvido, conhecido como E3ower, com os três Es significando, em inglês: Environmental (ambiental), Economical (econômico) e Efficient (eficiente). Três pré-requisitos para alcançar a meta final traçada pela Komatsu de obter um motor que é bom para o meio ambiente e para o seu usuário.
 
O novo motor do Komatsu 911.5 e do Komatsu 931.1 usa um sistema de controle de emissão conhecido como SCR, ou Selective Catalytic Reduction (Redução Catalítica Seletiva). Uma técnica que será usada em outros mercados, na medida em que as exigências ambientais estão sendo mais severas. A tecnologia SCR já está comprovada na indústria de caminhões, com a maioria dos grandes fabricantes já empregando essa tecnologia. Basicamente, o sistema consegue uma redução na emissão de óxidos de nitrogênio (NOx) através da instalação de um conversor catalítico no sistema de escape, depois do motor e pela adição de um líquido especial.
 
As vantagens desta solução são muitas em comparação com outros métodos de controle de emissão. Além do menor consumo de combustível, o custo total de funcionamento é menor, com o óleo do motor mais limpo e sem necessidade de aumento de refrigeração, ou medidas caras de manutenção. O que aconteceria se outra tecnologia fosse adotada.
 
Outra característica nova, tanto no Komatsu 911.5 como no Komatsu 931.1, é um ambiente de trabalho ainda melhor para o operador. Com boa visibilidade, qualidade do ar e ergonomia, a cabina realmente ajuda a aumentar a produtividade. Extremamente espaçosa e com grande entrada de ar e um pré-filtro extra no ar condicionado. Com o novo motor as máquinas são ainda mais silenciosas, à medida que o catalisador ajuda a reduzir o ruído.
 
Para aperfeiçoar ainda mais o desempenho e funcionalidade das máquinas, o Komatsu 911.5 e o Komatsu 931.1 são fornecidos com o novo MaxiXplorer 2.1, o sistema de controle e informação da Komatsu para uma colheita florestal eficaz e rentável e com total controle e registro da operação e manutenção.
 
Para mais informações sobre os novos Harvesters 911.5 e 931.1 e sobre a linha de equipamentos florestais da Komatsu Forest, acesse: www.komatsuforest.com.br