Publicado em 29 de March de 2018
Luciano Simão

A Caterpillar apresentará sua linha de equipamentos e tecnologias desenvolvidos para florestas plantadas na Expoforest 2018, considerada a maior Feira Florestal Brasileira. Neste ano, a feira acontece de 11 a 13 de abril, em Santa Rita do Passa Quatro, em uma área de floresta da International Paper situada às margens da Rodovia Anhanguera, no polo produtivo da região de Ribeirão Preto, em São Paulo.

Os visitantes poderão conhecer e entender mais sobre os equipamentos da linha florestal da Caterpillar no estande da empresa e seus revendedores PESA e Sotreq. Estarão expostos e em demonstrações dinâmicas soluções para a cadeia produtiva florestal, desde as operações de silvicultura até as tarefas no pátio de madeira. Destaque para o Trator de Esteiras D8T com arranjo florestal que inclui lâmina em “V” e subsolador, o que permite o realinhamento de plantio e remoção dos tocos à frente ao mesmo tempo que faz a subsolagem para o próximo ciclo, melhorando a eficiência da silvicultura.

Destaque para o Trator de Esteiras D8T com arranjo florestal que inclui lâmina em “V” e subsolador, o que permite remover os tocos à frente e preparar o terreno ao mesmo tempo e com melhor produtividade. Também serão apresentados no estande da empresa modelos de motoniveladoras, carregadeiras de rodas, mini-carregadeiras e grupos geradores de energia elétrica da marca Cat®.

A Caterpillar exibirá ainda seus produtos da marca SEM, com as Carregadeiras SEM618D e SEM638D, lançadas neste ano em todo o Brasil, com distribuição feita pelos revendedores Supertek, na Região Sul, e Sematech, nas demais regiões do país. A marca SEM completa 60 anos de existência em 2018 e desde que foi adquirida em 2008, a Caterpillar projeta e fabrica os modelos, mantendo a SEM como marca em função de seu prestígio em muitos mercados.

Produto florestal em alta

“O mercado de produtos florestais registra crescimento mesmo nos anos em que a quase totalidade da nossa economia retraiu. O setor atraiu investimentos e se expandiu no país. O conhecimento em biogenética, a vasta área e o clima favorável são os principais responsáveis por colocar o Brasil como potência mundial na produção de derivados de floresta”, comenta Marcelo Antunes, consultor de produtos da Caterpillar. “Em 2018, a previsão é de que este mercado mantenha a rota de crescimento diante dos dados que indicam aumento no consumo de papel e embalagens em todo o mundo. O mercado trabalha com a estimativa de investimentos da ordem de dois bilhões de reais nos próximos anos”, informa Antunes.

O Brasil é hoje referência mundial em florestas plantadas, que são as mais produtivas do mundo. O país tem tanto as melhores condições de solo e clima quanto detém avançado conhecimento técnico e científico. Com seus mais de sete milhões de hectares de florestas plantadas de eucalipto e pinus – como referência, o total de área plantada de cana-de-açúcar no país é de 8,8 milhões de hectares –, essa imensidão representa menos de 1% do território brasileiro, o que revela seu grande potencial de crescimento. A produção de eucalipto e pinus abastece as indústrias de celulose e papel, painéis reconstituídos, siderurgia e produtos de madeira processada mecanicamente.

“Não importa a fase do ciclo produtivo ou o desafio que nossos clientes têm para enfrentar, nossos equipamentos estão sempre prontos para ajuda-los a obter os melhores resultados, com a maior disponibilidade dos produtos para o trabalho e o suporte incomparável da nossa rede de revendedores”, comenta Odair Renosto, presidente da Caterpillar Brasil.

Todas as máquinas da Caterpillar produzidas no Brasil estão acessíveis pelas linhas de crédito do FINAME. São 58 modelos de carregadeiras, retroescavadeiras, tratores de esteiras, escavadeiras, motoniveladoras e compactadores de solo, além de grupos geradores. Os equipamentos, nacionais e importados, também podem ser adquiridos por meio de linhas de financiamento e o suporte do Banco Caterpillar.

Fonte: CAT