Publicado em 23 de April de 2018
Luciano Simão

A CAT anunciou o lançamento (inicialmente na América do Norte, Austrália e Nova Zelândia) de duas novas máquinas florestais: a CAT 548 e a 548 LL. Tratam-se de tecnologias purpose-built de esteiras que podem ser customizadas para operar em uma gama completa de atividades florestais, mantendo os padrões internacionais de emissão Tier 4 Final.

As novas máquinas trazem grande eficiência em uso de combustível e ferramentas de trabalho otimizadas, ao mesmo tempo em que oferecem maior potência, torque de giro, capacidade de carga e força de tração. A escavadeira florestal CAT 548 é configurada para operações como construção de estradas, preparo de solo e processamento de tocos. A CAT 548 LL é configurada como um carregador florestal e pode operar na extração de madeira como carregador ou shovel logger, assim como na movimentação de madeira em pátio.

Melhorias no sistema hidráulico das máquinas entregam um nível maior de eficiência e potência. As atualizações hidráulicas permitem ao motor da 548 e 548 LL operar com menor rpm e maximizar a potência ao mesmo. Operar em menor rpm resulta em economia de combustível significativa e custos operacionais reduzidos.

Ainda, a tecnologia Tier 4 Final e outras atualizações como o modo de energia variável e o controle automático da velocidade do motor também auxiliam na economia de combustível. Com o controle automático da velocidade do motor, as máquinas revertem automaticamente a uma velocidade menor de descanso quando há paradas na operação.

A 548 e a 548 LL tem motor Cat 152 kW (204 hp) C7.1 ACERT™  com maior potência e máxima performance sob carga. A alta potência hidráulica permite às máquinas operar com uma variedade de ferramentas, e um aumento de quase 20% no torque de giro (dependendo do modelo) fornece maior força para movimentação de árvores, aumentando a produtividade e eficiência.

O modo de operação pesada e outras atualizações permitem maior capacidade de elevação e maior controle para grandes cargas, enquanto um aumento de até 13% na tração permite melhor manobrabilidade fora de estrada. Para mais informações, clique aqui.

Fonte: CAT