Publicado em 1 de novembro de 2016
Luciano Simão

Após 24 edições mensais, a revista B.Forest completa dois anos de cobertura especializada do setor florestal. Para celebrar este marco, essa edição traz como temas aspectos relacionados a qualidade e produtividade dos plantios florestais brasileiros.

Sabe-se que, para prosperar e atingir seu potencial máximo, o setor brasileiro de florestas plantadas precisa realizar ações de controle para manter o valor de seus ativos e aprimorar a gestão de todas as suas operações.

Esta necessidade se estende a todos os produtos oriundos do segmento florestal. Os cavacos de madeira, por exemplo, quando utilizados para produção de biomassa e energia elétrica, necessitam de um controle de qualidade especializado para que não percam seu potencial energético e econômico devido a fatores como a umidade.

Mesmo quando as condições não são ideais, as empresas precisam se adaptar às realidades do campo para otimizar custos e permanecer operando com rentabilidade. Seja em plantios com baixo volume médio individual (VMI) ou com outros fatores que levam ao decréscimo da produtividade, é possível manter a qualidade através de técnicas de manejo corretas e da utilização adequada da tecnologia.

O diretor executivo da unidade de negócios florestal da Suzano, Alexandre Chueri Neto, discute os desafios atuais e futuros deste cenário em entrevista, na qual aborda, entre outros assuntos, estratégias de inovação e de gestão.

Para fechar a edição, confira a cobertura completa do 2º Encontro Brasileiro de Infraestrutura e Logística Florestal, que trouxe debates e palestras para 219 profissionais altamente especializados.

Saudações florestais!

 

Para ter acesso à revista, clique aqui!

Para fazer o download, clique aqui!

 

Fonte: Malinosvki