Publicado em 25 de setembro de 2012

Foi publicada na revista Silva Fennica, volume 46 número 2, uma pesquisa que analisou a produtividade das operações de energia da madeira de cavacos em vários locais na Áustria e Finlândia. O objetivo do trabalho foi analisar as diferenças de produtividade e os efeitos do ambiente operacional para o cavaqueamento de bioenergia na beira da estrada. Além disso, o estudo quantificou os efeitos de diferentes variáveis, como: a floresta de energia oriunda de diferentes sortimentos; as espécies das árvores; o tamanho da peneira do picador e a produtividade total das máquinas no cavaqueamento.
Em ambos os Países, o estudo foi realizado com um picador de tambor KESLA C4560 montado em um trailer e alimentado por um trator. Em razão das especificações de qualidade de produtos dos respectivos mercados locais, o picador estava equipado com uma peneira de 80 × 80 mm na Finlândia e uma peneira 35 × 35 mm na Áustria. A matéria-prima utiliada foi a maioria de espécies específicas para energia, madeiras resinosas, provenientes de desbastes e de resíduos de colheita de madeira para serraria.
Os resultados revelaram que existem diferenças significativas na produtividade do cavaqueamento na Áustria e na Finlândia, em grande parte, baseadas no uso de tamanhos diferentes de peneira; nos diferentes ambientes operacionais e nas características da matéria-prima.       
A pesquisa complementou que a realização de analises com diferentes operadores e a inclusão de outros fatores como a afiação das facas, poderá ajudar a explicar melhor as diferenças observadas e avaliar o desempenho das máquinas em diferentes ambientes operacionais. Como resultado, os custos dos investimentos e os operacionais poderão ser otimizados, e a depreciação das máquinas reduzida.
Fonte: Silva Fennica
Adaptado pela Equipe Colheitademadeira.com.br